Como é um curso de ciência da computação EAD?

Muitas pessoas estão apostando no curso de ciência da computação EAD. Então, se você é uma delas, ou se ainda tem dúvidas sobre a área, confira este post até o final. Pois, vamos esclarecer várias questões sobre o tema. Assim, você fica mais bem informado e pode se matricular de forma mais tranquila, focado apenas em aprender.

Curso de ciência da computação EAD

Antes de falar mais sobre o assunto, precisamos lembrar que o curso de ciência da computação EAD é um bacharelado. Sendo assim, os alunos terão acesso a cerca de quatro anos de conhecimento teórico e prático. Após esse período ele estará pronto para enfrentar os desafios da profissão.

A ciência da computação estuda as técnicas, metodologias, instrumentos computacionais e aplicações tecnológicas, visando automatização dos processos e desenvolvimento de soluções de processamento de dados, tanto de entrada como de saída em computador, transformando-os em informações.

Metodologia a distância

Durante a graduação em ciência da computação EAD, o aluno contará com poucos encontros presenciais que serão agendados por ele, respeitando sua agenda de compromissos. No EAD Pleno Unifacvest, por exemplo, além das videoaulas, o aluno também tem acesso a livros impressos. Assim, não depende nem do acesso a internet para aprender. Afinal, o livro é o nosso companheiro de estudos já há muito tempo, desde a escola.

Além disso, na Unifacvest, o mesmo professor/ autor que escreve o livro impresso, grava as videoaulas e produz as questões das provas. Dessa forma, há uma unidade de ensino e o aluno fica livre de dúvidas. Afinal, o professor não está interpretando um material escrito por outra pessoa. Como ele mesmo produziu tudo, pode falar com propriedade e trazer explicações mais claras para os estudantes.

O que se aprende no curso de ciência da computação EAD

A grade curricular é a listagem de matérias e assuntos que serão ensinadas durante a graduação em ciência da computação EAD. Ela pode mudar um pouco de instituição para instituição, mas a base de ensino tende a ser a mesma. Porém, é importante que você verifique a grade antes mesmo de fazer a sua matrícula e começar a estudar.

Na grade curricular também constam os grandes trabalhos e projetos, como o Trabalho de Conclusão de Curso, o famoso TCC, e o estágio supervisionado. E é importante lembrar que essas são etapas bem importantes da formação que auxiliam na aprendizagem, pois garantem que o aluno está imerso na área.

Então, confira abaixo um exemplo de grade curricular do curso de ciência da computação EAD.

Matérias do curso de ciência da computação EAD

  • Prática Textual em Língua Portuguesa;
  • Educação Ambiental e Cidadania;
  • Introdução à Computação;
  • Métodos e Técnicas de Pesquisa;
  • Oficina de Informática;
  • Tendências de Mercado em TI;
  • Gestão de Governança em TI;
  • Negócios Eletrônicos;
  • Língua Brasileira de Sinais – Libras;
  • Matemática Aplicada;
  • Estrutura de Dados;
  • Linguagens e Paradigmas de Programação;
  • Atividade Integradora I;
  • Programação Orientada a Objetos I;
  • Álgebra Linear e Geometria Analítica;
  • Técnicas de Programação;
  • Qualidade e Usabilidade de Software;
  • Sistemas Operacionais;
  • Engenharia de Software;
  • Algoritmos e Programação;
  • Direitos Humanos e Relações Étnico-Raciais;
  • Laboratório de Programação I;
  • Cálculo I;
  • Gerência de Projetos em TI;
  • Redes de Computadores;
  • Atividade Integradora II;
  • Banco de Dados I;
  • Estatística e Probabilidade;
  • Programação Orientada a Objetos II;
  • Laboratório de Programação II;
  • Cálculo II;
  • Desenvolvimento de Software para Web;
  • Pesquisa, Ordenação e Técnicas de Armazenamento;
  • Banco de Dados II;
  • Programação Orientada a Objetos III;
  • Laboratório de Programação III;
  • Teoria dos Grafos;
  • Computação para Dispositivos Móveis;
  • Sistemas Distribuídos;
  • Atividade Integradora III;
  • Compiladores;
  • Arquitetura e Organização de Computadores;
  • Estágio Supervisionado I;
  • Inteligência Artificial;
  • Empreendedorismo;
  • Processamento de Imagens;
  • Tópicos Especiais em Ciências da Computação;
  • Computação Gráfica;
  • Projeto Orientado à Objetos;
  • Estágio Supervisionado II;
  • Linguagens Formais e Autômatos;
  • Segurança e Auditoria de Sistemas;
  • Trabalho de Conclusão de Curso – TCC;
  • Atividades complementares

Como é o mercado de trabalho para a área de ciência da computação?

É importante conferir um pouco mais sobre o mercado que você está prestes a escolher. Portanto, podemos dizer que a ciência da computação é uma das áreas que mais cresce no Brasil, atualmente. Isso acontece graças aos novos avanços tecnológicos e a demanda por mão de obra qualificada para desempenhar a função e auxiliar no desenvolvimento tecnológico de cada empresa. Ou seja, é um ótimo cenário até mesmo para aqueles que acabaram de se formar no curso.

Afinal, depois de formado em um curso ciência da computação, o profissional poderá atuar criando ferramentas mais simples, como um aplicativo para controlar as finanças pessoais ou as calorias consumidas no dia, até programas complexos de gerenciamento de produção, por exemplo. Sendo assim, a sua atuação é requisitada em diferentes áreas de atuação e em diversas empresas.

Esse profissional pode atuar como programador, desenvolvedor, analista de softwares ou sistemas, gerente de TI ou engenheiro de software, auxiliando no desenvolvimento de várias áreas corporativas, normalmente, dentro do setor de Tecnologia da Informação (TI). Sendo assim, há um grande leque de atuação e consequentemente um grande número de vagas abertas no mercado de trabalho. Já que, basicamente, o cientista da computação pode trabalhar em qualquer empresa que utilize uma rede de computadores e queira se desenvolver tecnologicamente.

Salário para os formados no curso de ciência da computação EAD

Independente da área de atuação, o salário muda muito de acordo com a região, experiência, local de trabalho e vários outros fatores. Porém, vamos passar a média nacional, assim, você pode ter uma ideia. Sendo assim, segundo pesquisas recentes, um cientista da computação em início de carreira, ganha cerca de R$ 2.911, no Brasil. Mas, com a experiência, esse salário pode aumentar, e muito, podendo chegar a R$ 14.000,00 para um desenvolvedor de softwares, por exemplo.

É importante lembrar que sempre há destaque para os bons profissionais. Sendo assim, é importante que você escolha uma faculdade ciência da computação que preze pela qualidade de ensino. Afinal, essa é a base da sua carreira e ela precisa ser sólida para te levar mais longe. Então, pesquise, confira as instituições credenciadas pelo Ministério da Educação (MEC) e, se puder, confira uma prévia do material de ensino da faculdade.

Editor do site

Cada integrante de nossa equipe carrega consigo uma valiosa coleção de experiências e habilidades singulares, culminando em um conjunto coeso que busca incansavelmente a excelência na criação de conteúdo. Nosso objetivo primordial é superar as expectativas, oferecendo aos nossos leitores uma experiência que não apenas enriqueça, mas também permaneça na memória.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

cinco + 6 =