Opções de pós-graduação para pedagogos: Neuropsicopedagogia

No texto de hoje vamos te contar tudo sobre a pós em neuropsicopedagogia ead, uma das melhores opções da atualidade, pois oferece muitas possibilidades de carreira.

Depois de formado em pedagogia, existem diversas opções interessantes de pós-graduação para pedagogos disponíveis e que podem ajudar a alavancar sua carreira na área de educação.

Entre as principais podemos citar pós em neuropsicopedagogia, pós graduação em alfabetização e letramento, pós graduação em educação especial e inclusiva, pós graduação em gestão escolar, pós em gestão escolar: orientação e supervisão, pós graduação em psicopedagogia institucional, pós graduação em educação infantil, entre outras.

Pós em Neuropsicopedagogia

Em primeiro lugar você precisa saber o  que é a neuropsicopedagogia, ela é uma ciência que estuda o sistema nervoso, com foco no funcionamento e no processo de aprendizado do aluno. O objetivo da neuropsicopedagogia é levar o aluno à reintegração pessoal, social e educacional através da identificação, do diagnóstico, da reabilitação e da prevenção das dificuldades e dos distúrbios da aprendizagem.

Portanto, para obter os resultados, essa ciência relaciona os estudos das neurociências com conhecimentos de psicologia cognitiva e pedagogia. Assim sendo, podemos afirmar que o objetivo do curso de pós em neuropsicopedagogia é discutir a formação multiprofissional do neuropsicopedagogo e apresentar as contribuições da neurociência e da psicologia cognitiva à educação, principalmente no que diz respeito ao acompanhamento de alunos com transtornos e dificuldades de aprendizagem, visando à sua inclusão.

É importante ressaltar também que o campo da psicologia educacional foi criado por grandes estudiosos no final do século IX. E, uma das principais tarefas da psicologia na área educacional é a de tentar compreender o comportamento das pessoas e com isso, poder intervir nele.

Mesmo tendo conceitos muito parecidos, Psicologia Escolar e Psicologia da educação são dois campos de estudos diferentes. Enquanto os psicólogos educacionais são aqueles que se dedicam a investigar a produção de conhecimento, os psicólogos escolares em geral direcionam seus esforços às rotinas das escolas e instituições de ensino, trabalhando em conjunto com a psicopedagogia. Para facilitar, podemos dizer que a primeira seria uma área de conhecimento, enquanto a segunda um campo de atuação profissional.

O que faz um neuropsicopedagogo?

Quando existem crianças com dificuldades de aprendizado, que necessitam de um acompanhamento especializado, você sabe quem é o profissional que faz esse acompanhamento? O neuropsicopedagogo!

O profissional formado na área de Neuropsicopedagogia tem como função estudar o funcionamento do cérebro, de forma a entender como ele aprende, seleciona, transforma, memoriza, elabora e processa as sensações captadas pelos elementos sensoriais ao seu redor.

Quanto ao mercado de trabalho para o Neuropsicopedagogo, a Sociedade Brasileira de Neuropsicopedagogia (SBNPp) estabelece que ela pode ser dividida em 3 áreas de atuação:

  • Clínica
  • Institucional
  • Hospitalar

Neuropsicopedagogia Clínica

Em primeiro lugar, o neuropsicopedagogo que atua na área Clínica pode realizar atendimentos individuais, como em consultório particular ou clínicas, Centros de Referência de Atendimento Social ou em postos de saúde.

Uma das intervenções realizadas por neuropsicopedagogos é em relação ao atendimento de crianças autistas. Nesse caso, a função do neuropsicopedagogo é ajudar essas crianças a se desenvolver melhor cognitivamente. Para isso ele utiliza práticas que ajudam a melhorar a habilidade de raciocinar, de resolver problemas e de se expressar. Estes são alguns exemplos de atividades do dia a dia do trabalho de um neuropsicopedagogo na área clínica.

Neuropsicopedagogia Institucional

Em segundo lugar, o neuropsicopedagogo que atua na área Institucional pode trabalhar em instituições de ensino, sejam elas nas modalidades básica ou superior. Este profissional trabalha para evitar o fracasso escolar dos alunos, e esse problema é complexo e geralmente esconde várias razões.

Por isso o trabalho na área escolar é considerado um dos maiores desafios para a qualificação do sistema educacional brasileiro. Dessa forma, um neuropsicopedagogo institucional coloca em prática seus conhecimentos, com o intuito de descobrir transtornos que contribuem para a dificuldade na aprendizagem. Outra possível atuação do profissional é na inclusão escolar, sendo professor de crianças surdas ou mudas, com necessidade de acompanhamento especial. Nesta área o objetivo do trabalho é reduzir os índices de repetência e evasão na escola.

Neuropsicopedagogia Hospitalar

Por fim, em terceiro lugar, o neuropsicopedagogo que atua na área Hospitalar pode trabalhar em ambulatórios, unidades de internação e outras. Dessa maneira, ao atuar em instituições hospitalares, o neuropsicopedagogo planeja intervenções e programas terapêuticos para ajudar na reabilitação cognitiva.

Em geral, os casos típicos que mais precisam da ajuda desse profissional são de pessoas com Alzheimer ou que sofreram um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Porém, é preciso destacar que esse processo é sempre individual, pois depende das necessidades de cada paciente e da área cerebral afetada. De qualquer forma, o objetivo do trabalho de um neuropsicopedagogo nesta área é oferecer à pessoa uma vida com mais autonomia e bem-estar no dia a dia.

Onde cursar Neuropsicopedagogia?

O EAD Pleno São Luís é referência quando falamos sobre o cursos de pós-graduação na modalidade de educação a distância. Os cursos da instituição são credenciados pelo MEC, com polos em grande parte do território nacional. Na São Luís, o aluno tem acesso a uma metodologia de estudo flexível, que possui tanto materiais físicos como materiais virtuais, o que possibilita a escolha da melhor forma de estudar. Durante todo o curso, o aluno precisa participar de apenas um encontro presencial. O corpo docente é muito qualificado, e ainda existe uma vantagem para o aluno, pois o mesmo professor que grava as videoaulas, escreve os livros, garantindo um conteúdo completo e coerente.

A pós-graduação em Neuropsicopedagogia do EAD Pleno São Luís é destinada aos profissionais de educação e saúde, tais como pedagogos, psicólogos e fonoaudiólogos, que tenham interesse em adquirir conhecimento teórico nesta área. É um curso introdutório que confere o título de neuropsicopedagogo a esses profissionais e que visa, de maneira interdisciplinar, a compreensão do processo cognitivo do ser humano e suas implicações na aprendizagem.

A carga horária total do curso é de 450 horas e na grade curricular, constam as seguintes disciplinas:

  • DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR – 75h
  • NOVOS CAMINHOS PARA PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO – 75h
  • PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO  – 75h
  • FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA – 75h
  • A NEUROPSICOPEDAGOGIA E O PROCESSO DE APRENDIZAGEM – 75h
  • TEORIA E PRÁTICA DA NEUROPSICOPEDAGOGIA – 75h

 

Editor do site

Cada integrante de nossa equipe carrega consigo uma valiosa coleção de experiências e habilidades singulares, culminando em um conjunto coeso que busca incansavelmente a excelência na criação de conteúdo. Nosso objetivo primordial é superar as expectativas, oferecendo aos nossos leitores uma experiência que não apenas enriqueça, mas também permaneça na memória.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

20 + 20 =