Para que serve uma especialização em Gestão Escolar? Tudo sobre a área!

Todos sabemos, há determinadas áreas onde possuir apenas uma graduação não é suficiente para alcançar boas oportunidades de trabalho e, consequentemente, melhores salários. Uma dessas áreas certamente é a da Educação. E justamente por isso preparamos esse post, ou seja, falar sobre uma especialização que tem sido cada vez mais buscada por profissionais do setor educacional: a pós em Gestão Escolar.

A alta procura pela pós graduação em Gestão Escolar EAD se explica pelo fato de essa ser uma área que está em ampla expansão, e esse senso de oportunidade tem chamado a atenção de muitos profissionais, que ao concluírem o curso, conseguem ingressar com bastante facilidade em escolas, sejam elas públicas ou privadas.

Se uma de suas dúvidas diz respeito a quem pode fazer pós em Gestão Escolar, nós respondemos. O público alvo, como citamos de passagem no início do texto, são os profissionais da Educação, tendo como principais interessados os pedagogos, licenciados, diretores e coordenadores de instituições de ensino, culturais e empresas educacionais que tenham interesse em aprimorar seus conhecimentos sobre sistemas de ensino, e claro, sobre gestão escolar.

Dessa forma, podemos afirmar que a pós-graduação em Gestão Escolar permite que os matriculados tenham a compreensão da realidade, assim como da atuação na área tanto no ambiente público quanto no privado. Portanto, se você tem alguma das bases de formação acima mencionadas e quer ajudar a melhorar a educação no Brasil, essa pode ser uma ótima opção de especialização para você e para o seu futuro acadêmico e profissional.

O que é Gestão Escolar?

Trata-se de um tema muito abrangente, que vai além da administração de uma instituição de ensino. O assunto é bastante amplo. Ela pode ser explicada como um sistema de organização interno de uma escola, que envolve todos os setores. A gestão é o resultado de uma visão estratégica da instituição e tem por objetivo principal ensinar com qualidade e formar cidadãos com as habilidades necessárias para gerir sua vida pessoal e profissional.

Para se tornar um bom gestor, o profissional precisa dar a atenção necessária a cada um dos 6 pilares que constituem a Gestão. Eles ajudam o gestor a atuar com maior foco em cada necessidade da instituição. Ficou curioso para saber quais pilares são esses? Então o blog Analista de Mercado te fala a partir de agora.

  • Gestão Pedagógica

É o planejamento dos conteúdos e métodos relacionados diretamente à educação. É através dela que se define quais são os parâmetros de ensino-aprendizagem que a escola irá seguir. A Gestão Pedagógica tem como principal objetivo atingir, como o próprio nome já diz, o fim pedagógico, ou seja, que o aluno seja educado.

Para direcionar a esse objetivo, ela envolve as metodologias que serão aplicadas, materiais e treinamentos do corpo docente. Também é função da Gestão Pedagógica manter professores e equipe alinhados ao objetivo e motivados na execução de todos os processos.

  • Gestão Administrativa

É um processo que visa basicamente manter o cuidado e a manutenção física da escola, passando por todas as etapas, até as rotinas de secretaria. Nesse ponto, é importante frisar, estão incluídos os recursos materiais, financeiros e físicos.

A Gestão Administrativa tem ainda como objetivo manter todo o ambiente escolar organizado, de modo que haja fluidez na Gestão Pedagógica.

  • Gestão Financeira

A Gestão Financeira trabalha de forma interligada com a Gestão Administrativa, uma vez que viabiliza os recursos necessários através das finanças, que claro, precisam estar equilibradas. Para isto, o gestor precisa ter controle das contas a pagar e a receber, ter conhecimento dos gastos fixos e variáveis, bem como estabelecer medidas para problemas de inadimplência e captação de novas matrículas.

  • Gestão de Pessoas

O gestor de pessoas tem um papel de enorme importância dentro da Gestão Escolar como um todo, uma vez que ele estimula e motiva toda a comunidade escolar, extraindo de cada um o que se tem de melhor. Fazendo isso, ele motiva a todos, fazendo com que trabalhem de forma alinhada e caminhando em uma mesma direção, garantindo portanto o melhor funcionamento possível da escola.

  • Gestão da Comunicação

Esse é certamente um dos mais importantes pilares aqui citados, pois como sabemos, é graças a uma boa comunicação que muitos problemas são evitados ou, na pior das hipóteses, minimizados. Ela é dividida entre comunicação interna e externa, e pode ser difundida através de reuniões, e-mails, cartas, murais e, principalmente nos dias de hoje, aplicativos.

  • Gestão de Tempo e Eficiência dos Processos

O tempo é um dos bens mais preciosos na vida de todos nós, e isso se estende também às escolas. E para aproveitá-lo bem, é preciso estabelecer prioridades. Pesquisas sempre apontam que os gestores escolares passam a maior parte do seu tempo de atuação resolvendo problemas, deixando de lado o planejamento a longo e médio prazo.

Isso é evitável, bastando para tanto fazer a criação de uma lista de prioridades e definindo de forma clara as funções de cada colaborador, criando assim uma gestão eficiente do tempo e aumentando a produtividade de toda a equipe.

Como é a pós-graduação?

Para que serve pós graduação em Gestão Escolar? É importante respondermos antes de falarmos do curso propriamente dito. Bom, essa especialização tem como objetivo instrumentalizar o profissional da educação, dando subsídios sobre a legislação do ensino e a gestão educacional exercida pelos diferentes atores da equipe pedagógica escolar. Além dos modelos de gestão, a gestão de pessoas, a gestão da informação e do conhecimento, o curso capacita sobre os aspectos contábeis e econômicos da educação a partir de uma gestão fundamentada no empreendedorismo.

Para quem busca uma formação rápida e de qualidade na área, essa certamente é a pós-graduação EAD ideal, uma vez que pode ser concluída em pouquíssimo tempo, tendo como opções de duração 6, 9 ou 15 meses.

A grade curricular do curso, que tem uma carga horária total de 450 horas, é composta pelas seguintes disciplinas:

  • Didática do Ensino Superior
  • Novos Caminhos para Profissionais da Educação
  • Políticas Educacionais
  • Teorias da Administração
  • Princípios e Concepções de Gestão Escolar
  • Planejamento Institucional

De acordo com a resolução nº 1, de 06 de abril de 2018, do Ministério da Educação (MEC), a entrega do Trabalho de Conclusão de Curso e, consequentemente a realização da defesa presencial, deixaram de ser obrigatórios para os cursos de pós-graduação. Portanto, se você pretende iniciar uma pós-graduação em Gestão Escolar, não será obrigado a produzir um TCC.

Então é isso, esperamos ter conseguido te ajudar a descobrir um pouco mais sobre o que é pós graduação em Gestão Escolar e colaborado para que com sua matrícula no curso tenha ainda mais sucesso em sua carreira.

Editor do site

Cada integrante de nossa equipe carrega consigo uma valiosa coleção de experiências e habilidades singulares, culminando em um conjunto coeso que busca incansavelmente a excelência na criação de conteúdo. Nosso objetivo primordial é superar as expectativas, oferecendo aos nossos leitores uma experiência que não apenas enriqueça, mas também permaneça na memória.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

três × um =