Serviço Social: o que faz o profissional?

Por trabalhar diretamente com o desenvolvimento e mudanças sociais, o curso de Serviço Social é voltado para quem tem o desejo de fazer a diferença!

E se este é o seu caso, ficamos felizes em dizer que chegou ao post certo! No texto de hoje aqui do blog Analista de Mercado, nós pretendemos explorar vários aspectos da profissão como o curso de graduação, áreas de atuação e mercado de trabalho. Não deixe de conferir!

Conceito de Serviço Social

Para começar, vamos explicar o que é serviço social.

O Serviço Social pode ser definido como um conjunto de atividades que envolvem planejar, colocar em prática e acompanhar projetos sociais que visam à resolução de situações desfavoráveis aos grupos mais frágeis da sociedade.

Essas situações podem estar relacionadas a fatores como educação, saúde, alimentação, ambiente doméstico, escolar, comunitário, laboral ou penitenciário, e podem afetar tanto adultos quanto jovens e crianças.

Histórico da profissão

Contextualizando, agora vamos abordar, de forma bastante resumida, quando surgiu a profissão.

Conforme consta no site do Conselho Regional de Serviço Social da 19ª Região (Goiás), as primeiras escolas de Serviço Social surgiram no Brasil no final da década de 1930, quando se desencadeou no país o processo de industrialização e urbanização. A profissão foi socialmente reconhecida e regulamentada por meio da Lei nº 3.252, de 1957. O processo histórico vivenciado pela categoria levou a uma atualização do projeto profissional. O marco foi o ano de 1993, quando o Serviço Social brasileiro chegou a um novo projeto profissional, radicalmente inovador e crítico, cujos fundamentos históricos, teóricos, metodológicos, éticos e políticos foram embasados na tradição marxiana e marxista – como valores e princípios humanistas.

Sobre o curso 

Assim como em outras carreiras, os primeiros passos do profissional começam ainda durante a faculdade.

Desta forma, é importante que você saiba que o curso de graduação nesta área possui duração de 4 anos, e pode ser concluído tanto nas opções de serviço social ead, por meio de cursos a distância de serviço social ou presencial.

Neste sentido, para que você fique ainda mais por dentro do assunto, vamos explicar o que se estuda em serviço social.

Nos primeiros 4 semestres do curso você terá contato com disciplinas que envolvem Prática Textual em Língua Portuguesa, Sociologia Geral, Filosofia das Ciências Sociais, Métodos e Técnicas de Pesquisa, Ética e Responsabilidade Profissional, Teoria do Direito, Estatística Aplicada, Direitos Humanos e Relações Étnico-Raciais, Língua Brasileira de Sinais – Libras, Introdução à Administração, Antropologia Social, Introdução às Ciências Sociais, Introdução ao Serviço Social, Fundamentos Teóricos e Metodológicos do Serviço Social I, Psicologia Desenvolvimento, Psicologia Social e Comunitária, Ciências Políticas, Formação Social e Econômica do Brasil, Processo de Trabalho em Serviço Social I, Fundamentos Teóricos e Metodológicos do Serviço Social II, Educação Ambiental e Cidadania, Políticas Sociais Públicas, Classes e Movimentos Sociais, Gestão de Organizações Sociais e do Terceiro Setor.

Já nos quatro semestres finais, as disciplinas envolvem Processo de Trabalho em Serviço Social II, Regulamentação e Código de Ética em Serviço Social, Identidades Culturais e Serviço Social no Brasil, Políticas Públicas da Criança e do Adolescente, Direito e Legislação Social, Serviço Social e os Desafios Profissionais Contemporâneos, Serviço Social e Assistência Social, Economia Política, Políticas Públicas da Terceira Idade, Serviço Social e Seguridade – Saúde, Relações Interpessoais, Assessoria e Consultoria em Serviço Social, Política de Saúde e Proteção Social no Brasil, Serviço Social e Seguridade – Previdência, Tópicos Especiais em Serviço Social, Relações Familiares e Gênero, Educação e Movimentos Populares, Políticas Públicas da Educação Especial e Desigualdades Sociais no Brasil.

Além destes conteúdos da grade curricular, será necessário ainda fazer um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). E para finalizar, o aluno deverá  também cumprir um Estágio Curricular Supervisionado, onde serão relacionados os conteúdos aprendidos até o momento com a prática da futura profissão.

Carreira na área de assistência social

Após concluir o curso de graduação, o profissional estará habilitado a atuar em empresas privadas, órgãos públicos e em organizações não governamentais (ONGs), acompanhando as pessoas da comunidade e desenvolvendo projetos de assistência voltados para crianças, adolescente, jovens, adultos e idosos que se encontram em alguma situação de risco. Tudo isso, com o objetivo de promover o bem-estar físico, psicológico e social destes indivíduos.

Assim, de acordo com o Conselho Federal de Serviço Social estão entre as atribuições do Assistente Social analisar, elaborar, coordenar e executar planos, programas e projetos que viabilizem os direitos da população e seu acesso às políticas sociais, como saúde, educação, previdência social, habitação, cultura, e claro, assistência social.

Enfim, agora você já sabe o que faz um profissional de serviço social.

Instituições Representativas 

Conselho Federal de Serviço Social – CFESS

Entidade nacional que tem como principais objetivos, em conjunto com os Conselhos Regionais, orientar, disciplinar, normatizar e defender o exercício da profissão de Assistente Social em todo território nacional, zelando sempre pelo cumprimento do Código de Ética Profissional. Sua diretoria é composta por assistentes sociais de todo Brasil, eleitos para um mandato de três anos, sem remuneração. Sua sede localiza-se em Brasília/DF.

Conselhos Regionais de Serviço Social – CRESS

Autarquias, com personalidade jurídica de direito público, vinculadas ao CFESS, mas com autonomia administrativa e financeira, com jurisdição estadual. Atualmente existem 25 Conselhos Regionais no Brasil, os quais têm como atribuição básica disciplinar, orientar e fiscalizar o exercício da profissão de Assistente Social. A direção de cada entidade fica sob a responsabilidade de 18 assistentes sociais, sendo nove efetivos e nove suplentes. Todos devidamente habilitados, eleitos pela categoria, por um mandato de três anos, sem remuneração. É permitida a reeleição, com garantia de renovação de 2/3 de seus membros.

Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social – ABEPSS

Entidade civil de natureza científica de âmbito nacional, constituída pelas unidades de ensino e por sócios institucionais ou individuais. Possui uma diretoria executiva nacional e diretorias regionais. Seu órgão máximo de deliberação é a Assembleia, que acontece ordinariamente a cada dois anos.

Executiva Nacional dos Estudantes de Serviço Social – ENESSO

Entidade de representação dos estudantes, que tem a finalidade de fomentar e potencializar a formação político-profissional, promovendo o debate acerca dos problemas da área e garantindo contatos permanentes dos estudantes com a categoria dos assistentes sociais, suas entidades nacionais, latino-americanas, entre outras.

Editor do site

Cada integrante de nossa equipe carrega consigo uma valiosa coleção de experiências e habilidades singulares, culminando em um conjunto coeso que busca incansavelmente a excelência na criação de conteúdo. Nosso objetivo primordial é superar as expectativas, oferecendo aos nossos leitores uma experiência que não apenas enriqueça, mas também permaneça na memória.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

sete + dez =